Bem vindo ao blog da Guarda Municipal de Taapiramuta

BEM VINDO AO BLOG DA GUARDA MUNICIPAL DE TAPIRAMUTÁ, O SEU ESPAÇO DE NOTICIAS.

PARA COLABORAR COM O BLOG, ENVIE A SUA MATERIA PARA E-MAIL.

guardamunicipaldetapiramuta@gmail.com


Horas

domingo, 30 de junho de 2013

Continua presa mulher acusada de esfaquear outras duas durante festa em Delmiro Gouveia


Gilcélia dos Santos, 21, foi presa em flagrante e autuada por tentativa de homicídio.

Por Ítallo Timóteo
Continua presa na Delegacia Regional de Delmiro Gouveia a jovem Maria Gilcélia dos Santos, conhecida como “Giza”, 21, acusada de esfaquear outras duas mulheres na última sexta-feira (21), após uma discussão, durante as festividades do São João na cidade.
De acordo com a Guarda Municipal, as duas vítimas são Eliane Alves dos Santos, 30, e Natila Clécia Ribeiro Santana, 32, ambas amigas que teriam decidido tomar satisfação com a acusada pelo fato dela ser suspeita de ter roubado um celular delas, situação ocorrida em janeiro deste ano, enquanto as três trabalhavam em uma casa de prostíbulo. “Giza” não teria gostado da acusação quando iniciou uma discussão com as “amigas”, sacou um canivete do bolso da calça que trajava e as feriu.
Eliane Alves teve parte do braço direito cortado e teve que ser levada as pressas por uma equipe do Corpo de Bombeiro Militar para o hospital do município. Já Natila Clécia também foi cortada no braço direito e sofreu outros ferimentos leves. Ela também foi socorrida para a unidade de saúde local. A acusada fugiu do local.
Uma guarnição da Guarda Municipal realizou uma busca por “Giza” durante a festa, mas ela tentou fugir ao perceber os guardas e acabou detida. A mulher parecia descontrolada ao ponto de agredir os GMs com chutes e socos, precisando ser imobilizada e levada para Delegacia Regional da cidade.
O canivete usado no crime não foi encontrado, mas os guardas municipais suspeitam que ela possa ter jogado ao perceber a presença dos deles. Na delegacia “Giza” negou a acusação e disse aos policiais de plantão que teria empurrado as duas vítimas que ao cair se cortaram em pedaços de vidro que estavam no chão.
Os policiais civis constataram que Maria Gilcélia dos Santos, em 2011, foi presa no município sob a acusação de tráfico de drogas. Na ocasião, ela tentava passar drogas em um frasco de desodorante para o seu companheiro que se encontrava preso nas carceragens daquela delegacia. Agora “Giza” vai responder na justiça por tentativa de homicídio.



terça-feira, 25 de junho de 2013

GUARDAS MUNICIPAIS, MANIFESTAÇÕES, EQUIPAMENTOS E TREINAMENTOS



“O gigante acordou”, “Desculpem o transtorno, estamos trabalhando por um Brasil melhor”, “Queremos hospitais padrão FIFA”, “Coloquem 20 centavos no SUS”, “Ordem e Progresso”, “O Brasil é nosso”, frases construídas dentro do espirito positivista, de que agora o Brasil “vai ter jeito”, sem discutir o mérito da vontade popular de no de repente romper com a barreira de mais de 500 anos de tradição em roubalheira estatal e particular, corrupção pública e privada, mandos e desmandos de governantes e governados, em algumas épocas mais em outras menos.


Desde remotos tempos, nas ocasiões em que o povo se enfurece, o alvo central são as SEDES DE GOVERNOS, os prédios públicos, os equipamentos de uso comunitário e tudo que se relacione a qualquer forma de controle estatal, foi assim na França revolucionária na invasão e queda da Cadeia da Bastilha em 1789, no Palácio de Inverno dos Romanov na Rússia Imperial em 1917,  o Palácio Real dos Pahlevi no Irã em 1979, (GCM também é cultura) e nos tempos atuais nesse Brasil dos Brasileiros, são as SEDES DAS PREFEITURAS e as CASAS LEGISLATIVAS.


Pela regra constitucional, definida pela Assembléia Nacional Constituinte no Artigo 144, parágrafo 8º ficou definido clara e textualmente que cabe ao Governo Municipal instituir, a GUARDA MUNICIPAL, para a proteção e defesa dos BENS, SERVIÇOS e INSTALAÇÕES MUNICIPAIS, algumas pessoas comuns que concorrem ao cargo de Prefeito ou Prefeita e tem a sorte de ser votados e escolhidos, desejam que os GCM o façam com a CARA e com a CORAGEM, durante a “campanha”, prometem tudo e durante o mandato não querem cumprir suas promessas sob as mais diversas, hilárias e até trágicas desculpas, as tentativas de invasões que ocorreram na semana passada devem servir no mínimo de ponto de reflexão para investimento nas Guardas Municipais.


Senhores e Senhoras Prefeitos e Prefeitas, o Comando do Exército Brasileiro, por meio de suas PORTARIAS ADMINISTRATIVAS, autoriza a aquisição, registro, posse e utilização de meios materiais para controle de distúrbios civis, o custo financeiro desses meios é irrisório para o orçamento público, (Contratam BANDAS para tocar duas horas na tática do “Pão e Circo” e pagam R$ 500.000,00 depois alegam que não tem R$ 30.000,00 para equipar as Guardas Municipais, uma lógica infundada, irresponsável e especialmente irracional), coloquem a tranca na porta antes dela ser arrombada, os custos de uma invasão são altos do ponto de vista financeiro, moral e emocional a quem trabalha nestes locais.



Equipem as Guardas Municipais de suas cidades com meios efetivos de contenção e dispersão, a prevenção custa muito menos que o conserto, alguns dos Senhores e Senhoras, são convenientemente desinformados por “Assessores” e não conseguem compreender a vitalidade de uma Guarda Municipal bem equipada, bem treinada, pronta e disposta para a defesa dos bens, serviços e instalações, é comum a certos “Assessores”, “Oportunistas”, “Anti Guardas Municipais”, “Amigos das Coisas Erradas e Duvidosas” muitas vezes implantar ideias cheias de preconceitos com relação as nossas Corporações nas vossas mentes, fujam desse povo, o modelo de Guarda Civil Municipal patrulheira, amiga, aliada e protetora da cidadania não quer dizer que não deva estar equipada e pronta, observem a teoria do uso da força, quanto mais demonstramos capacidade operacional menos a utilizamos, é um dos legados deixados pela doutrina de combate do poderoso e temido Exército Romano, Nicolau Maquiavelreescreveu esse princípio em sua obra intitulada “O Príncipe”, as pessoas (povo) tendem a fazer as coisas certas, não por amarem as coisas certas, mas por temerem os princípios reservados ao Estado, entre eles o legitimo uso da força.


Essas premissas doutrinarias são um tanto quanto complicadas para entendimento em primeiro plano, mas basta pensar um pouco, vejam os exemplos dados pela GCM de São Paulo que combateram com heroísmo e não permitiram a tomada do Palácio do Governo, mesmo sem os armamentos menos letais permitidos ao uso desta, a GCM de Belém do Pará que com virilidade deu pronta resposta ao baderneiros de plantão colocando-os para correr da porta do Palácio Antônio Lemos, a GCM de Campinas que agiu dentro das técnicas de CDC e de imediato dispersou a turba de vândalos não os permitindo chegar sequer ao penúltimo degrau da porta de acesso a Prefeitura, (As Sedes de Governos são os alvos dessa massa acéfala conduzida bovinamente por palavras de ordem), Prefeitos, Prefeitas! Invistam!!! Esse é o momento!!!


O Miliciano Municipal não vende meios materiais, mas promove os bons nomes de empresas sérias e comprometidas com a qualidade de seus produtos, disponibilizamos os links para que acessem, estudem, façam suas cotações e vejam as condições de fornecimento, caso ainda persista alguma dúvida a respeito com relação a legislação e os procedimentos técnicos de pedido e compra, nos escrevam no e-mail: gcmelvis@hotmail.com, nossa satisfação é eliminar os maus conselhos e os pareceres anti GCM, idiotizados pelo conservadorismo, a vocês meus caros GCM de todo o Brasil, que combateram e combatem no dia a dia nosso sincero parabéns e nosso agradecimento.


SITES DE MEIOS MATERIAIS DE USO PERMITIDO A TODAS AS GCM

Espargidores de Agentes Químicos do tipo:

Pimenta e Lacrimogêneo

Granadas Não Letais do tipo:

Pimenta, Lacrimogêneo, Efeito Moral, Bailarina de Pimenta ou Lacrimogênio, Fumigenas e Luz & Som.

Munições para armas no calibre 12 do tipo:

Elastômero, E.V.A e Químicas com pó de Pimenta ou Lacrimogênio.

Lançador modelo calibre 37/38 mm do tipo:

True Flit.

Munições para armas do tipo True Flit calibre 37/38 mm:

Múltiplas Esferas, Três Esferas, Granada de Impacto de Lacrimogênio ou Pimenta.


Escudos, capacetes anti tumulto, caneleira em ABS, Joelheira, Cotoveleira Tática em ABS, bastões de borracha para operações anti tumulto.


Espingarda calibre 12 sistema pum action (Shot Gun), capacidade de 8 cartuchos.


Customização calibre 12 sistema pum action (Shot Gun), pistol grip, trilhos, coronhas rebatíveis, coronhas retrateis, porta lanterna, telha e coronha na cor laranja em polímero.



ELVIS de Jesus
Inspetor Regional de GCM
Editor do Blog Miliciano Municipal
Pesquisador de Segurança e Ordem Pública
Professor da Disciplina de Direito da Ordem Pública no Curso de CDC
E-mail pessoal: elvis@taticos.com

Guarda de Jundiaí se arma com tecnologia para controle de distúrbios civis


GM de Jundiaí compra dez armas de choque, ao custo de R$28,7 mil, e reforça seu equipamento não letal

FÁBIO PESCARINI

jornalismo@bomdiajundiai.com.br

A Guarda Municipal de Jundiaí anunciou a compra de dez armas de choque, ao custo de R$ 28,7 mil, previstas para chegarem à corporação em três meses, tempo suficiente para aprendizado e treinamento para se usar o novo equipamento.
As pistolas, modelo Spark, são produzidas pela marca nacional Condor, têm alcance de até dez metros, podem fazer dois disparos seguidos, e vão substituir as de modelo Taser, que deveriam ter chegado há um ano, mas tiveram a sua compra cancelada pela Guarda, depois que o brasileiro Roberto Laudisio Curti, 21 anos, foi morto em março de 2012 pela polícia de Sydney, na Austrália, que usada o equipamento.

Equipamentos / As novas armas de choque se juntam ao armamento não letal já disponível pela Guarda, composto por bombas de efeito moral e de gás de pimenta, com disparadores, e rifles para disparos de balas de borracha. Esse armamento foi usado uma única vez, durante uma tentativa de invasão a área pública no Fazenda Grande, mas sem vítimas.

“É nosso penúltimo recurso [o último são armas letais], para ser usado quando há risco muito grande e já se esgotaram todas as formas de negociação”, afirma Cláudio Ferigato, inspetor e coordenador operacional da GM, que no próximo mês irá ao Rio de Janeiro fazer um curso para se tornar instrutor no uso da Spark. “Serei um agente multiplicador”, explica.
Ferigato já é formado em tecnologia não letal e outros dois ou três GMs deverão estar especializados em breve também.

Apesar de ter usado os equipamentos não letais apenas uma vez, guardas municipais de Jundiaí passaram por recente treinamento com oficiais do Exército no 12º GAC (Grupo de Artilharia e Campanha). “Foi um ótimo exercício”, diz.

Escola / Onze novos guardas municipais de Cabreúva, cidade integrante do Aglomerado Urbano de Jundiaí, foram formados este mês pela GM de Jundiaí. E entre aulas de defesa pessoal e tiro, aprenderam a usar armas não letais.

Para o próximo semestre, de acordo com nota divulgada pela Prefeitura de Jundiaí em seu site ontem, está programada a formação de 30 novos guardas de Caieiras.

MAIS

Curso de formação para a região é referência
Segundo o comandante José Roberto Ferraz, da Guarda Municipal, o curso de instrução e formação tem por objetivo motivar e valorizar atitudes de cidadania, cooperação e respeito às leis.
Vizinhos aprendem sobre preservação ambiental
Os GMs de Cabreúva também passaram por uma aula prática de campo, ao conhecerem a Serra do Japi. A jornada teve início na Base Ecológica e seguiu até o Posto Avançado 11.

270 
É o número de GMs na cidade de Jundiaí
Exército precisa autorizar o uso do equipamento pela GM
De acordo com o inspetor coordenador operacional Cláudio Ferigato, as armas compradas pela Guarda Municipal de Jundiaí devem chegar em três meses, pois também leva esse tempo a aprovação do Exército para que sejam usdas pela corporação.
E foi o próprio Exército que homologou a arma brasileira no fim de 2011. 
De acordo com o fabricante, a Spark corta automaticamente a corrente após 5 segundos do momento do disparo, o que dificulta a ocorrência de choques prolongados de forma involuntária (a memória do dispositivo armazena os últimos 1 mil disparos, para que possa haver auditoria sobre seu uso). Além disso, libera 40% menos energia transferida durante o choque, suficiente para incapacitar temporariamente um indivíduo e com muito mais segurança, reduzindo ao máximo o risco de acidentes como os ocorridos com dois brasileiros, um na Austrália e outro em Santa Catarina, no ano passado.

A arma tem uma espécie de GPS, que permite saber quem usou e em que local.

A compra de “dispositivo elétrico incapacitante e acessórios” foi assinada pelo comandante José Roberto Ferraz e publicadas na “Imprensa Oficial” do município de terça-feira passada.

Fonte:http://www.encontreinarede.com

terça-feira, 18 de junho de 2013

Acidente de moto mata homem de Tapiramutá.


O Jovem Cristiano Marques Viana natural de Canarana, que residia em Tapiramutá, faleceu vitima de acidente de moto na madrugada dessa Segunda ( 17). Nossa equipe está levantando mais informações para trazer a reportagem completa logo mais. Amigos e parentes estão postando mensagens de pesar e de solidariedade na conta social de Cristiano.

domingo, 16 de junho de 2013

Este é um dos seres angelicais, segundo setores da imprensa brasileira


Vejam esta imagem capturada de uma reportagem do Jornal Nacional.
Depois que Aiatoelio Gaspari decidiu que quem começou o tumulto foi um grupo da tropa de choque da PM, amplos setores da imprensa passaram a repetir isso bovinamente. No surrealismo nosso de cada dia, somos obrigados a ler e a ouvir coisas como esta: “Quando os manifestantes tentaram furar um bloqueio, os policiais começaram a jogar bombas…”. NOTA: um dos comandantes da operação havia feito um acordo com um dos líderes da manifestação para que o limite fosse respeitado. Logo, a PM reagiu. Quem tenta furar um bloqueio da tropa de choque espera exatamente o quê? Flores?
Mas isso é o de menos. Os manifestantes estão sendo pintados como seres angelicais, que só queriam se manifestar em paz nesta quinta. Aí veio a PM e estragou tudo.
Então voltemos à foto lá do alto. Os britânicos de Gaspari, vejam vocês, vão aos protestos levando rojões para jogar contra os policiais. No protesto anterior, haviam levado coquetéis molotov.
Não obstante, a se dar crédito a uma cobertura asquerosamente editorializada, que demoniza a PM, ficamos com a impressão de que manifestantes que escolhem métodos verdadeiramente terroristas de protesto são apenas militantes do bem. Certo jornalismo continua na rua,  militando…
Por Reinaldo Azevedo
Fonte:http://veja.abril.com.br

GUARDA MUNICIPAL DE PONTO NOVO (BA) DETÉM HOMEM POR TENTATIVA DE ESTUPRO



Por volta das 13h30min do dia 12 de junho de 2013, a Guarda Civil Municipal foi solicitada por várias ligações que havia um elemento desconhecido no povoado de Nova Represa distrito do município de Ponto Novo que o mesmo tentou pegar uma jovem que vinha de sua residência para a escola, quando a mesma gritou pedindo socorro, os moradores de Nova Represa se revoltaram contra o elemento desconhecido. A Ronda Especial da GCM que circula pela zona rural do município, efetuou a prisão do elemento por nome de Eramos Silva Souza, vulgo “Leocrete”, onde o mesmo ao chegar a base da GCM, confessou para o comandante da GCM e para o agente da Polícia Civil, que ele já tinha sido preso por 2 anos na cidade de Campo Formoso por estupro e por outra tentativa de estupro e estava respondendo em liberdade pelo artigo 175.



Fonte: Guarda Civil Municipal de Ponto Novo/BA
Acesse a página da Federação Baiana das Associações dos Guardas Municipais - FEBAGUAM, através do link: http://www.febaguam.blogspot.com.br

GUARDA MUNICIPAL DE SALVADOR (BA) NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES


Com efetivo de 350 agentes, a Guarda Municipal do Salvador estará de prontidão nos três dias de jogos (20, 22 e 30 de junho), realizados em Salvador pela Copa das Confederações. Além da atuação no videomonitoramento, via Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC), recém inaugurado no Parque Tecnológico da Bahia (Avenida Paralela), a GMS desempenhará diversas funções em conjunto com demais órgãos municipais, a saber: apoio à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), no ordenamento do comércio informal; à Sucom, na fiscalização da utilização de marcas; e à Transalvador, nos bloqueios e atividades de trânsito.


Fonte: Ascom – Guarda Municipal de Salvador/BA

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Mulher é morta a facadas em Camacã e outra transferida em estado grave com mais de 80 facadas, para Itabuna.

Polícia Civil foi informada de um homicídio, na rua São Francisco, Nº 14, 
cidade alta em Camacã por volta das 03:00Hs desta terça-feira.
O policial Civil dirigiu-se até o local acompanhado do Guarda 
Municipal Delmo Souza.Quanto  adentrou ao recinto para averiguar, 
deparou-se com o corpo de uma mulher caído já sem vida, em cima 
de uma cama no quarto.

Segundo o perito o corpo tinha lesões nas pernas e várias perfurações na região 
do peito, nas costas e no pescoço. O rabecão fez a remoção do corpo para o
 DPT de Itabuna.
A outra vítima identificada como, Renata Carvalho Oliveira de 21 anos 
de idade, foi encaminhada em estado grave para o Hospital de Base em Itabuna,
 ela levou mais de 80 facadas.

Segundo avaliação da perícia criminal, provavelmente houve luta corporal entre a
 vítima e os suspeitos. As duas mulheres foram amordaçadas e tudo indica que 
realmente ela tentou se defender. Pelo número de facadas, foi um ato bastante
 violento”, declara o perito criminal.

O crime deixa ainda mais assustada a população, que reclama da falta de segurança
 na região.

sábado, 8 de junho de 2013

GUARDA MUNICIPAL DE ARACAJU (SE) FAZ TREINAMENTO PARA USO DE ARMA NÃO LETAL SPARK



Os guardas municipais (Gms) que atuam no grupamento Ronda da Capital (Rondac) participaram de mais uma capacitação técnica. O efetivo recebeu orientações para a utilização do dispositivo elétrico incapacitante, a Spark. O objetivo do curso, que se encerrou nesta quinta, 6, é habilitar o grupo para atuar com o equipamento durante as rondas preventivas realizada nas ruas da capital, coibindo a ação delitiva dos infratores, em especial nos terminais de integração.
Na instrução, os guardas aprenderam desde as situações em que a Spark deve ser aplicada, até os detalhes do funcionamento do dispositivo. De acordo com o GM Dilson Tavares, responsável por ministrar o curso, a arma não letal pode ser usada tanto para defesa como controle por parte do agente, além disso, reduz as taxas de lesão bem como as queixas por uso de força excessiva.
"A Spark é o primeiro dispositivo elétrico incapacitante genuinamente nacional. Ele funciona com cerca de 40% menos de energia, que as concorrentes internacionais, garantindo mais segurança na incapacitação do agressor do que as tecnologias existentes. O equipamento emite pulsos elétricos que atuam sobre o sistema neuromuscular, causando desorientação, fortes contrações musculares e queda do indivíduo, incapacitando-o enquanto estiver sob a ação do dispositivo", explicou.
Diante da exposição teórica sobre a Spark, os GMs passaram por avaliação oral e escrita. Posteriormente, realizaram as atividades práticas, como disparos em anteparo, choque por contato individual e em grupo. "A turma foi bastante dedicada e o curso foi bastante proveitoso. A partir de agora, todos já estão qualificados para operar mais um instrumento nã-letal em defesa da sociedade aracajuana", destacou Dilson.
Para a GM Eline Silva, a Spark é um ótima ferramenta de trabalho e a capacitação é fundamental para a atuação nas ruas. "O agente de segurança deve ter a consciência de que é primordial saber o funcionamento do dispositivo, pois deve ser utilizado com bastante cautela. Essa instrução vem dar a ênfase no preparo do GM", ressaltou.


Fonte: Coisas de Socorro

GUARDAS MUNICIPAIS DE SALVADOR (BA) PARTICIPAM DE CAMPANHA CONTRA PRISÃO DE PÁSSAROS EM GAIOLAS


Da esquerda pra direita GM Paim,GM Enoque,Vereador Marell Moraes,GM Moraes, GM Nogueira

Campanha dos voluntários da Guarda Ambiental contra a prisão de pássaros em gaiolas realizada em frente ao Shopping Salvador com vereador e parceiro Marcell Moraes. A campanhia tem o intuito de proteger estes animais que muitas vezes são presos e vendidos em gaiolas sem as mínimas condições adequadas e também para chamar a atenção da população para a preservação ambiental.

Fotos GM Moraes

Fonte: FEBAGUAM