Bem vindo ao blog da Guarda Municipal de Taapiramuta

BEM VINDO AO BLOG DA GUARDA MUNICIPAL DE TAPIRAMUTÁ, O SEU ESPAÇO DE NOTICIAS.

PARA COLABORAR COM O BLOG, ENVIE A SUA MATERIA PARA E-MAIL.

guardamunicipaldetapiramuta@gmail.com


Horas

domingo, 28 de abril de 2013

Mais de R$ 30 mil em droga apreendidos em Juazeiro



anisson e Robson - 26_04_2013
Mais de 700 gramas de cocaína, avaliados R$35 mil, foram apreendidos em Juazeiro, na quinta-feira (25), por policiais da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), durante operações, nos bairros Castelo Branco e Parque Residencial. A droga estava escondida no assoalho de um veículo, pertencente ao caminhoneiro Janisson Barbosa dos Santos, 27 anos, preso juntamente com o mototaxista Robson Carlos da Silva Souza, o “Preto”, 28.

Segundo o coordenador da 17ª Coorpin/Juazeiro, delegado Fábio Antônio Araújo, os policiais interceptaram a dupla, no bairro Castelo Branco, transportando um pacote contendo meio quilo de cocaína, no GM Astra, de placa JPK-8000. Num imóvel no Parque São Paulo, indicado pelos traficantes, havia mais 230 gramas da droga, 97 pinos utilizados para embalagem e uma balança de precisão.

Uma motocicleta Yamaha YBR 125, de placa NYW-9672, em nome de “Preto”, também foi apreendida. Janisson, que é natural de Sergipe, e o comparsa pernambucano, Robson, ainda não tinham passagem pela polícia. Eles foram autuados em flagrante por tráfico pelo delegado plantonista Flávio Martins, estando custodiados no Presídio de Juazeiro.

17ª COORPIN

Prefeitura de Indaiatuba realiza pregão para adquirir pistolas para GM






A Prefeitura de Indaiatuba promoveu nesta quinta-feira (18), licitação para compra de 35 pistolas, semiautomáticas, calibre 380 para uso da Guarda Municipal. Os envelopes devem ser entregues na sala de reunião do Departamento de Licitações, no paço municipal, às 14h. O edital está disponível gratuitamente no site www.indaiatuba.sp.gov.br.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

GUARDA MUNICIPAL DE ITAPETINGA RECEBE NOVAS PISTOLAS TASER X26…



GM 12
A Guarda Civil Municipal de Itapetinga, sudoeste da Bahia, recebe novas Pistolas Taser, o  modelo X26, que supera o modelo anterior Taser M26, com uma série de inovações que vão facilitar o seu uso e manipulação. O Comandante da GCM de Itapetinga, GM Givaldo Viana, acompanhado dos GMs Márcio Caetano, e Hércules Ferreira, esteve em Brasília-DF, no escritório da DIMENSÃO COMEX, empresa que representa a TASER no Brasil, para receber os equipamentos. 
A GCM de Itapetinga recebeu 20 novas Pistolas Taser X26, para substituir 20 pistolas M26, que apresentaram alguns problemas com relação aos carregadores recarregáveis. No mês de maio, a GCM vai receber cinco (05) pistolas TASER, modelo X2, com câmera digital integrada que vai registrar toda a operação.
Vale ressaltar que as pistolas modelo M26 que apresentaram problema, serão entregues ao EXÉRCITO BRASILEIRO para destruição das mesmas, segundo o comandante da GCM,  GM Givaldo Viana. O treinamento está previsto para sexta-feira (25/04), nos dois turnos (Manhã e Tarde), e será ministrado pelo Instrutor da Taser, Sr. Alberto Marques, na Câmara de Vereadores de Itapetinga.
A Taser X26 é o modelo recentemente lançado. Desenvolvido com tecnologia digital, é uma arma muito eficiente e moderna, que apresenta algumas inovações tecnológicas em relação à Taser M26. Este modelo apresenta um visor digital que mostra a quantidade de disparos que faltam para encerrar a carga do carregador, que é de cerca de 400 disparos. 
No entanto, este carregador não é recarregável como na M26. Exaurida a carga, o carregador deve ser trocado.  A TASER X26 ainda tem um sistema acoplado de mira laser 
e lanterna, que permite sua utilização em operações noturnas.




segunda-feira, 22 de abril de 2013

Tá na hora de repensarmos essa inversão de valores aqui no Brasil





Nos EUA todos os policiais foram tratados como heróis com a prisão de um e a morte do outro terrorista Checheno  a população batia palmas aos agentes...
Agora no BRASIL a população iria colocar fogo em ônibus ...e os DIREITOS HUMANOS iriam falar que foi execução,despreparo que eram vítimas da sociedade...
Em breve o policial vai ter que pedir licença e marcar hora com o bandido para entrar na casa dele é claro já com o mandado em mãos. Sem contar que a grande mídia é hipócrita, pede justiça e segurança , feito uns cachorros querendo ibope, quando os agentes de segurança vão lá e trabalham com dureza contra a bandidagem , colocam na tv pedindo justiça novamente contra os policiais acusando-os de abuso. Estes homens  serão condecorados pelo feito, os nossos são afastados e muitas vezes punidos como bandidos e julgados pelos direitos dos manos.
Prezotto

sábado, 20 de abril de 2013

SEGURANÇA


O BRASIL ESTÁ SEGURO?



REVISTA ISTO É N° Edição: 2266 | 20.Abr.13 - 15:10

Como o País está se preparando para garantir a segurança nos quatro grandes eventos que irá 
sediar a partir de junho

Michel Alecrim, Wilson Aquino, Cláudio Dantas Sequeira e João Loes



À ESPERA DO PAPA
Policiais do Bope fazem operação de treinamento tático para a Jornada
Mundial da Juventude no Cristo Redentor, que pode ser visitado por Francisco

O ataque terrorista na Maratona de Boston, nos Estados Unidos, na semana passada, fez acender a luz amarela no Brasil. Embora o País não faça parte da rota do terror, os grandes eventos internacionais que acontecerão aqui nos próximos anos irão atrair para as cidades brasileiras dezenas de autoridades e milhares de jornalistas e cidadãos de diferentes nações. Em junho, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Fortaleza receberão jogos da Copa das Confederações e, no mês seguinte, o Rio será palco da Jornada Mundial da Juventude, com a presença do papa Francisco. Serão eventos-teste para a Copa do Mundo de 2014, que incluirá outras seis capitais, e, dois anos depois, para os Jogos Olímpicos, majoritariamente sediados na capital fluminense. Quanto mais visibilidade, maior a comoção diante de tragédias – e é isso que os terroristas buscam. Por isso, as autoridades estão se preparando para todo tipo de emergência. O governo federal investirá, em parceria com os 12 Estados-sede da Copa e a iniciativa privada, mais de R$ 2 bilhões em segurança. Ao todo, serão cerca de 142 mil policiais de todas as esferas em ruas e em pontos estratégicos.

Horas depois das explosões em Boston, enquanto as autoridades americanas ainda tentavam entender o que havia acontecido, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general José Elito Siqueira, convocou uma reunião com assessores militares e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para avaliar o caso. Pouco antes, ele havia recebido um recado da presidenta Dilma Rousseff para dar atenção especial ao episódio e verificar a necessidade de rever a estratégia de segurança dos grandes eventos. Uma das conclusões é que é preciso maior integração entre as forças envolvidas na proteção dos cidadãos. Em Brasília, cidade de abertura da Copa das Confederações, em 15 de junho, o comitê local de organização montou uma espécie de gabinete de emergência, com representantes das polícias Civil, Militar e Federal e da polícia do Exército. “Sem integração, perdemos agilidade no atendimento às demandas”, diz Severo Augusto, coronel da reserva e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Jaguaquara: Assaltantes rederam a delegada, o capitão da PM e roubaram dois bancos na cidade.



Mais de 20 homens armados invadiram a  da delegada de polícia de Jaguaquara, . Maria do seguida  renderam o capitão PM Michel, prenderam na  da Polícia  e fizeram um arraso nos  Bradesco e . A ação dos meliantes começou por  das 2  da madrugada deste sábado (20) e terminou por  das 4 horas. O Capitão Michel e a Delegada de Polícia já foram liberados e estão bem.  Os  foram arrombados e tiveram todo o  levado pela quadrilha. As informações dão  que os elementos usaram dinamites para arrombarem os . Informações do repórter Dilson Piropo.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Guarda Municipal de Ponto Novo-BA em mais uma ocorrência de tentativa de seqüestro de crianças.



No último domingo,17 de março de 2013, por volta das 08h da manhã, a Guarda Municipal de Ponto Novo e a Polícia foram avisadas que alguns elementos em um carro Volkswagen Golf, de cor preta, tentaram sequestrar a criança das iniciais D.O.S. 

A mãe da vítima, a Sra. Regiane Santos de Oliveira, relatou que os elementos tentaram levar o seu filho em frente à residência, situada no povoado de Várzea da Pedra, a mesma começou a gritar para os vizinhos, foi quando resolveram soltar o menino e fugiram do local.

Devido aos acontecimentos, o comandante da Guarda Municipal, Raílson Lopes Miranda, preocupado com a segurança da população, determinou 30 homens para fazer a segurança nas localidades da zona rural de Ponto Novo.

Fonte: Guarda Municipal de Ponto Novo/BA

Ele não sabe o que faz?




Não consigo enxergar jovens de 16 anos como “adolescentes” ou “menores”. Eles votam, fazem sexo, chegam em casa de madrugada ou de manhã. Por que considerá-los incapazes de discernir o certo do errado?

Época - Mais um assassino covarde tira proveito da lei paternalista no Brasil, que considera os menores de 18 anos incapazes de responder criminalmente por seus atos. Como não sentir vergonha diante dos pais do universitário Victor Hugo Deppman, assaltado e morto na calçada de casa em São Paulo? Como convencê-los a se conformar com o Estatuto da Criança e do Adolescente, que protege o homicida de 17 anos que deu um tiro na cabeça de seu filho após roubar seu celular? Como conviver com a perda brutal de um filho e saber que seu algoz será internado por no máximo três anos porque “não sabia o que estava fazendo”?

Não consigo enxergar jovens de 16 anos como “adolescentes” ou “menores”. Eles votam, fazem sexo, chegam em casa de madrugada ou de manhã. Por que considerá-los incapazes de discernir o certo do errado? Ao tornar jovens de 16 anos responsáveis por seus atos diante da Justiça, o objetivo não é encarcerar todos os delinquentes dessa idade, mas, quem sabe, reduzir os crimes hediondos juvenis. A mudança na lei reforçaria o status que eles próprios já reivindicam em casa diante dos pais: “Eu não sou mais criança”. E não é mesmo.

Para quem argumenta que de nada adiantará reduzir a maioridade penal para 16 anos, respondo com uma pergunta: longas penas para assassinos adultos acabam com o crime bárbaro? Não, claro. Então, vamos acabar com as cadeias porque elas são custosas e inócuas? Não, claro. Longas penas servem para reduzir a impunidade e dar às famílias de vítimas a sensação de que foi feita justiça. Não se trata de “vingança”. É um ritual civilizatório. Matou? E ainda por cima por motivo torpe? Tem de pagar.

Um argumento popular contra a redução da maioridade penal para 16 anos é: e se um adolescente de 14 ou 15 anos matar alguém, mudaremos de novo a legislação? Sempre que escuto isso, lembro um caso na Inglaterra, em 1993. Dois garotos ingleses de 10 anos foram condenados à prisão perpétua por ter mutilado e matado um menino de 2 anos. A repercussão foi tremenda. Os assassinos foram soltos após oito anos de prisão. Mas não foram tratados com benevolência no julgamento. O recado para a sociedade era claro: não se passa a mão na cabeça de quem comete um crime monstruoso. Mesmo aos 10 anos de idade.

Como convencer pais enlutados a aceitar a lei que protege homicidas de 17 anos, vistos como “menores” incapazes? Outro argumento comum no Brasil contra a redução da maioridade penal afirma que só com boa educação e menos desigualdade social poderemos reduzir a criminalidade juvenil. Essa é uma verdade parcial. Há muitos países pobres em que jovens assaltam, mas não matam por um celular ou uma bicicleta. Eles têm medo da punição, medo da Justiça. Também acho injusto atribuir aos pobres uma maior tendência ao crime bárbaro. Tantos ricos são bandidos de primeira grandeza... Melhorar a educação e reduzir a pobreza são obrigações. Isso não exclui outra obrigação nossa: uma sociedade que valoriza a vida e a honestidade precisa acabar com a sensação de que o crime compensa. Para menores e maiores de 18 anos.

Os filósofos de plantão que nunca perderam o filho num assalto apelam à razão. Dizem que não se pode legislar sob impacto emocional. Ah, sim. Quero ver falar isso diante de Marisa e José Valdir Deppman, pais enlutados de Victor Hugo, que ouviram o tiro de seu apartamento, no 9o andar. Uma família de classe média que livrou o filho da asma com plano de saúde privado e investiu com esforço em seus estudos. A mãe falava com Victor Hugo todos os dias pelo celular. “Eu sempre falava para ele não reagir, porque a vida não vale um celular ou um carro. Ele não reagiu, mas foi morto. Estou estraçalhada por dentro.”

Victor Hugo, o Vitão, era santista fanático, um dos artilheiros do “Inferno vermelho”, apelido do time da Faculdade Cásper Líbero, onde estudava rádio e TV. Sonhava em virar locutor esportivo e estava apaixonado. A câmera do prédio mostra o momento em que sua vida acabou. Mostra a covardia do rapaz, cujo nome nem pôde ser divulgado por ser “inimputável”. Na sexta-feira passada, o assassino de Vitão, infrator conhecido na Febem, completou 18 anos.

Seu futuro pode ser o mesmo do menor E., que, aos 16 anos, ajudou a matar no Rio de Janeiro, em 2007, o menino João Hélio. Ele pertencia ao bando que arrastou João Hélio pelas ruas, pendurado na porta de um carro que havia sido roubado de sua mãe. Após três anos numa instituição para jovens infratores, foi libertado. A Justiça o incluiu temporariamente num programa de proteção a adolescentes ameaçados de morte, o PPCAAM. Ridículo. Ezequiel Toledo de Lima foi preso em março de 2012, aos 21 anos, por posse ilegal de arma, tráfico e corrupção ativa. Ezequiel não tinha antecedentes criminais como adulto – apesar de ter matado com requintes de crueldade um menino de 6 anos. É ou não é uma inversão total de valores?

Ruth de Aquino é colunista da revista Época.


Os gastos com segurança pública




Total de gastos no País com segurança pública subiu 14,05%, atingindo R$ 51,55 bilhões, na comparação entre 2011 e 2010

O Povo - A segurança pública é a garantia dada pelo Estado de uma convivência social isenta de ameaça de violência, permitindo a todos o gozo dos seus direitos assegurados pela Constituição Federal. A fim de promover a segurança pública, cabe ao estado brasileiro (em seus diferentes níveis federativos) propor e implementar ações destinadas a produzir efeitos específicos em favor da sociedade, determinando como os recursos públicos serão utilizados para o alcance dos objetivos.

Dessa forma, a resposta à questão formulada implica, inicialmente, verificar o efetivo comportamento dos gastos públicos voltados para a segurança pública. Tomando como referência os dados disponibilizados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, é possível verificar que o total de gastos no País com segurança pública subiu 14,05%, atingindo R$ 51,55 bilhões, na comparação entre 2011 e 2010. De acordo com a mesma fonte, no Ceará, a participação das despesas com a função “Segurança Pública” no total das despesas realizadas, no período 2006-2009, subiu de 4,5% para 6,7%.

A despeito do aumento dos gastos realizados pela sociedade, resta evidente que a criminalidade tem se agravado continuamente não apenas no Ceará, mas no Brasil.

Até recentemente, prevalecia, como explicação para a criminalidade e violência urbana no Brasil, as condições socioeconômicas nas quais vivem a maior parte da população do Brasil. O problema da criminalidade envolve diversos aspectos para sua análise e solução, entre os quais aqueles de natureza econômica. A economia oferece inúmeras teorias explicativas do crime, tal como a teoria econômica da escolha racional, proposta por Gary S. Becker em 1968, segundo a qual o crime pode ser visto como uma atividade econômica, ainda que ilegal.

Assim, a criminalidade pode ser explicada pela percepção de vantajosa relação retorno-risco na atividade criminosa, percepção reforçada pela ineficiência das políticas públicas voltadas para ao combate à criminalidade, o que envolve não apenas o emprego do aparato policial na promoção da segurança pública, mas também a operação de sistema legal e jurídico dedicado à punição de comportamentos transgressores da ordem pública.

Dois fatores emergem como causadores maiores da criminalidade: a impunidade, representada pela incapacidade da sociedade, por meio de suas instituições, impor sanções efetivas aos transgressores da ordem pública, e a presença de atividades ilícitas economicamente atraentes para certos grupos.

Considerando os aspectos acima, resta evidente que o apaziguamento das injustiças sociais, o excesso de tolerância do Estado e da sociedade para com o criminoso e o simples aumento dos gastos públicos com equipamentos voltados para a segurança pública, se não for acompanhado por ações orientadas para as causas centrais desse problema, não será suficiente para a efetiva redução da criminalidade e da violência em nossa sociedade.

por Mario Monteiro, economista e professor-adjunto do Centro de Ciências da Comunicação e Gestão da Unifor


Fonte: http://www.jornaldasegurancapublica.com.br/home.asp

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Salvador:COE prende assaltantes de carro forte na Paralela



Quatro integrantes da quadrilha responsável pelo assalto a um carro-forte, ocorrido no dia 5 deste mês, nas imediações de um hipermercado, na Paralela, foram presos, nesta segunda-feira (15), por equipes da Coordenadoria de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil, nas imediações do Shopping Caboatã, no bairro do Imbuí, quando se preparavam para assaltar uma casa lotérica e outro carro-forte, naquele estabelecimento.

Wesley da Silva Santos, o “Neném”, de 22 anos, Esdras Maciel Mota, o “Preto”, 38, Fábio Santos de Carvalho, o “Gordo”, 32, e André Dória da Silva, o “Deco”, 24, foram apresentados à imprensa, na tarde desta terça-feira, na sede da COE, em São Cristovão, pelos delegados Cleandro Pimenta, coordenador da unidade, e Marcos Tebaldi, além da delegada Pilly Dantas.

A polícia apurou que a quadrilha também é responsável pelos assaltos aos supermercados da Rede Todo Dia, nos bairros de São Caetano e Castelo Branco. No momento da prisão, “Neném”, “Preto”, “Gordo” e “Deco” estavam a bordo de um Ford Focus, com restrição de roubo, de placa original NYX – 0762, mas que ostentava a placa falsa NYL-7477. O carro havia sido roubado, na noite de sábado (13), no Imbuí.

Outros quatro integrantes da quadrilha, que conseguiram escapar ao cerco policial levando armamento pesado – submetralhadoras e uma espingarda calibre 12 - já estão identificados e estão sendo procurados. Com os presos, os policiais apreenderam dois revólveres de calibre 38.

Os quatro assaltantes, todos com passagem pela polícia por envolvimento em crimes contra o patrimônio, foram autuados em flagrante por receptação, formação de quadrilha e alteração de sinal de identificação de veículo, estando custodiados na carceragem do Complexo Policial dos Barris. Dezesseis policiais da Coordenadoria de Operações Especiais (COE), participaram da ação que resultou na desarticulação da quadrilha.

PC BA

Senado torna crime venda de bebidas alcoólica a menores.




Brasília - A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira, 17, projeto que torna crime a venda ou fornecimento gratuito de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.  A proposta, que já passou por outras comissões do Senado e agora segue para a Câmara dos Deputados, prevê punição com reclusão de dois a quatro anos em casos de flagrante. Estabelecimentos comerciais ficam sujeitos a multa que pode chegar a até R$ 10 mil. Ao justificar o projeto, o autor, o senador Humberto Costa (PT-PE),   afirmou que a iniciativa irá resolver "controvérsia jurídica acerca de qual procedimento aplicar nos casos de venda de bebida alcoólica a criança ou adolescente: se o ato deve ser tratado como contravenção ou como crime". De acordo com o projeto, as punições serão acrescidas em dois artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O projeto inicial previa pena de três a seis anos de prisão para quem fosse flagrado vendendo ou fornecendo bebida a menores. A multa da proposta original fixava um valor de R$ 30 mil a até R$ 100 mil. Quando passou pela Comissão de Direitos Humanos (CDH), porém, as punições foram abrandadas. Segundo destacou o relator, senador Benedito de Lira (PP-AL), as medidas inicialmente propostas eram muito rigorosas comparadas às estabelecidas pelo ECA para condutas mais graves como, "   a título de exemplo, a venda de bebida alcoólica seria punida mais severamente do que a venda de produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica."

terça-feira, 16 de abril de 2013

Veja a droga Krokodil que faz os viciados apodrecerem vivos




Uma droga barata e viciante de fácil obtenção que apodrece a carne deixando os ossos do usuário expostos, transforma as pessoas em um verdadeiro zumbi. A droga russa conhecida como Krokodil é real e apavorante.

O que é Krokodil?

Krokodil é um substituto para uma droga cara, a heroína. O princípio ativo do Krokodil, é a “desomorphine” que é vendida em alguns países da Europa (especialmente a Suiça) como substituto da morfina e é conhecida pela farmacologia desde 1932. A desomorphine é de 8 a 10 vezes mais potente do que a morfina. Trata-se de um opiáceo sintético que possui estrutura quase idêntica à da heroína.
A Codeína, um narcótico disseminado pelo mundo inteiro e de fácil acesso pode ser transformado em desomorphine com algumas reações químicas relativamente baratas. Ela então é dissolvida e injetada pelo utilizador. Considerando que a heroína custa 150 dólares cada dose e o Krokodil pode ser obtido por menos de 10 dólares fica fácil entender a razão de sua existência.

Qual a razão do Krokodil apodrecer a carne de quem usa?

O problema não é necessariamente o vício na desomorphine, a substância em si não é tão nociva, tanto que é comercializada em alguns países. O fato é que a reação que transforma codeína em desomorphine pode ser feita numa cozinha, a maioria das apreensões da droga mostrou produtos com excesso de impurezas.
Aos fabricantes de Krokodil muitas vezes faltam materiais, e, portanto, usam gasolina como solvente, utilizam também fósforo vermelho, iodo, e ácido clorídrico como reagentes para sintetizar a desomorphine a partir de comprimidos de codeína. Não há um controle de qualidade e o produto sai diretamente do “fogão para a veia”, causando estragos irreparáveis no corpo dos drogados.

Comissão de Segurança Pública vai debater aumento da violência no Nordeste




A COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DA CÂMARA VAI DEBATER, NA TERÇA-FEIRA (16), OS ALTOS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA NOS ESTADOS DO NORDESTE, PRINCIPALMENTE EM ALAGOAS E NA PARAÍBA.

O levantamento "Mapa da Violência 2013 - Mortes Matadas por Armas de Fogo", feito pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos, demonstra que os estados que apresentaram as maiores taxas de óbitos por armas de fogo a cada 100 mil habitantes foram Alagoas, Espírito Santo, Pará, Bahia, Paraíba e Pernambuco, nessa ordem.
Pará, Alagoas, Bahia e a Paraíba estão entre os cinco estados que mais sofreram com o aumento da violência na década. Entre as capitais mais violentas estão Maceió, a primeira da lista com 94,5 homicídios por 100 mil habitantes; João Pessoa com taxa de 71,6 assassinatos e Vitória com 60,7.
O deputado Major Fábio (Dem-PB), que solicitou a realização do debate, acredita que o aumento da violência está diretamente ligado ao aumento do consumo de drogas, principalmente do crack.

O parlamentar ainda a ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal, que divulgou em janeiro deste ano uma extensa pesquisa sobre violência. No levantamento estão listadas as 50 cidades mais violentas do mundo, sendo que 15 são brasileiras, sendo que Maceió-AL, ocupa o 6º lugar e João Pessoa-PB, o 10º.
Major Fábio explica que os parlamentares precisam ouvir o que as autoridades estão fazendo para controlar essa crescente violência.” No último relatório do Mapa da Violência no Brasil, esses estados também se destacam negativamente. Suas capitais estão em uma posição muito infeliz no ranking. Os primeiros estados mais violentos são Alagoas e Paraíba."
Convidados
Foram convidados para participar da audiência pública:
- o secretário de Defesa Social de Alagoas, Dário Cavalcante; 
- o secretário da Promoção da Paz de Alagoas, Jardel Aderico; 
- o delegado-geral da Polícia Civil de Alagoas, Paulo Cerqueira;
- o secretário da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Cláudio Lima; 
- o comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, Euller Chaves; e 
- o secretário da Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, entre outros.

A Comissão de Segurança Pública se reúne para debater a violência no Nordeste a partir das 14 horas, no Plenário 6.
Reportagem - Renata Tôrres
Edição – Regina Céli Assumpção

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Guarda Municipal do Rio revoltada com Eduardo Paes ameaça parar




Esta semana Eduardo Paes anunciou um aumento de 50% na gratificação que paga aos policiais das UPPs. Isso porque Cabral não tem dinheiro - venho avisando que o Estado está quebrado - e é a prefeitura que paga a gratificação dos PMs. Além disso, Paes quer dar uma forcinha à campanha de Pezão. 
Só o aumento da gratificação para as UPPs daria para cada guarda municipal ter um reajuste mensal de pelo menos R$ 300. Mas Paes não quer dar aumento à GM embora os guardas cada vez trabalhem mais e assumam funções que eram da Polícia Militar. A revolta aumentou entre os guardas municipais que já falam em parar. Abaixo publico um contra-cheque de um guarda municipal que ganha líquido R$ 1.337. 

domingo, 14 de abril de 2013

GUARDA MUNICIPAL DE ITABUNA (BA) FINALIZA CURSO DE CAPACITAÇÃO DE ARMAMENTO E TIRO NO PARQUE DAS DUNAS




Encerrou hoje (13/04), no Parque das Dunas, com sede no bairro de Praias do Flamengos, em Salvador, o Curso de Capacitação de Armamento e Tiro para Guardas Municipais. Desta vez, os contemplados foram os guardas municipais de Itabuna.
Com carga horária de 160 horas/aula, os profissionais que foram aprovados serão habilitados na utilização da arma de fogo para a segurança da sociedade, além da própria, conforme o art. 6º da lei federal 10826/03 e dos artigos 40º ao 44º do decreto federal 5123/04. Como complemento, os discentes aprenderam técnicas de Primeiros Socorros, Defesa Pessoal, Legislação, Armas Brancas, Abordagem, Combate simulado, Combate Urbano, Ação e Reação, Verbalização, Identificação de Suspeitos, Embarque e Desembarque de Viaturas.
Os instrutores são da Polícia Federal e da Academia de Polícia Civil da Bahia, sendo eles: Daniel Lopes, Tadeu Neves, Leonardo França, Vitor Neves, Cap. Alden José e Jader Costa. Todos credenciados a Polícia Federal como instrutores de Tiro pela portaria DPF – 147/09. O curso foi organizado pelo GM Nogueira, da Guarda Municipal de Salvador, e contou com a parceria da SEV – Centro de Formação de Segurança e Vigilância, em Lauro de Freitas/BA, autorizada pela portaria SRD/DGPF 387/06.
Segundo o GM Nogueira, o curso é autorizado pelo Ministério da Justiça, através do convênio número 90.008, com autorização de instrução para municípios contemplados pela lei 10.826/03 e decreto 5.123/04, que regem o estatuto do desarmamento para porte de arma dos guardas municipais. A iniciativa foi patrocinada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP.

PSICOTESTE

A última etapa foi coordenada pela psicóloga Eliane de Jesus, credenciada pela Polícia Federal a ministrar o processo de avaliação psicológica para concessão de porte de arma de fogo. Os que tiverem a indicação no laudo serão aprovados. “Obedeceremos rigorosamente todos os procedimentos e prescrições legais em território nacional para a habilitação dos oficiais”, afirmou a psicóloga.

Adaptado por Felipe Santana

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Pindobaçu: 'Assassino' de mulher ketchup é recapturado pela polícia



Mulher Ketchup
O homem envolvido no assassinato forjado de uma mulher que ficou conhecida como “mulher ketchup”, na cidade de Pindobaçu, no norte baiano, foi recapturado nesta terça-feira, 9, após fugir com outros 10 presos da delegacia de Senhor do Bonfim, no interior do estado, no último dia 29 de março. 
O crime, no ano de 2011, ganhou repercussão mundial. 
De acordo com o titular da 19ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), delegado Felipe Neri, Carlos Roberto de Jesus foi recapturado durante buscas da polícia, entre o domingo (7) e segunda-feira (8). Segundo o delegado, o preso foi localizado em Pindobaçu e foi encaminhado para a carceragem do complexo policial de Senhor do Bonfim. 
No total, cinco fugitivos foram recapturados. Eles usaram uma corda feita de lençóis, chamada de "tereza" para fugir da unidade policial. Na época do suposto crime, Carlos Roberto foi indiciado por crime de estelionato por ter "enganado" a mandante só para ficar com o dinheiro oferecido. Uma mulher procurou a delegacia da cidade alegando que R$ 1 mil teriam sido tomados em assalto por um homem. Ao encontrar o suspeito, a polícia descobriu que o homem tinha sido contratado pela mulher para assassinar uma pessoa. Bahia Notícias

GUARDA MUNICIPAL: UM AGENTE DO ESTADO BRASILEIRO!


terça-feira, 9 de abril de 2013

Forças Armadas, Polícia Federal e Guardas Municipais são consideradas as instituições mais eficientes segundo IBOPE


Forças Armadas e Polícia Federal são consideradas as instituições mais eficientes e em 3º estão as Guardas Municipais.

No que diz respeito à eficiência das instituições públicas responsáveis direta ou indiretamente
pela questão de segurança no país, há um claro reconhecimento do trabalho das Forças Armadas e da Polícia Federal e, no outro extremo, uma alta insatisfação com o Congresso Nacional
e o Poder Judiciário.

Apenas no caso das Forças Armadas e da Polícia Federal mais da metade dos entrevistados
que externaram sua opinião consideram as instituições “ótima” ou “boa”: 63% e 60%, respectivamente. No caso do Congresso Nacional, esse percentual cai para 23%, alcançando 30% para o Poder Judiciário e os agentes penitenciários.




Fonte: http://www4.ibope.com.br/download/111019_cni_seguranca.pdf 

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Bonito: Agência do Banco do Bradesco é assaltada



                                                    


Cinco homens fortemente armados, encapuzados e utilizando uniforme do exercito, assaltaram 
 a agência do Banco do Bradesco da cidade de Bonito, à  450 km de Salvador na tarde desta 
segunda-feira por volta das 13h10 min.  a ação durou cerca de dez minutos. Eles fugiram uma 
Fiat Strada vermelha em direção ao contorno da cidade que dá acesso à Morro do Chapéu ou 
a Mulungu do Morro, levando como reféns o gerente e mais três funcionários da agência. Até o
 fechamento dessa matéria, segundo informações da delegacia local, os reféns ainda não tinham
 sido liberados. (Blog do Léo Barbosa)
A qualquer momento mais informações.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

A Guarda Municipal de Tapiramutá e o descaso da Prefeitura.



A Guarda Municipal de Tapiramutá foi criada pela Lei Municipal nº 05, de 24 de março de 1995 e tem dentre as suas atribuições mais importantes, promover a vigilância do Município. E tal atribuição significa atender aos chamados da população. Neste sentido, o trabalho da GM, ao longo desses 18 anos de existência, muito tem contribuído com os serviços prestados aos munícipes.
Só para termos uma ideia, rotineiramente, cobrimos os eventos promovidos pela Prefeitura, tomamos conta de praças e de patrimônios públicos, segurança das autoridades municipais, atendemos às solicitações da população. Fazemos também, efetivamente, os trabalhos de: ronda escolar, rondas nos povoados, rondas ostensivas  na feira livre, entre outros. Os nossos instrumentos de trabalho são apenas  tonfa e algema,  enquanto os meliantes dispõem de pistola .40 e revolver calibre 38 e, muitas vezes, armas mais perigosas.
Embora estejamos fazendo o nosso papel, a nossa obrigação, somos parceiros da população. E se esta parceria existe, qual o motivo de tanto descaso com a nossa instituição Guarda Municipal?

Uma sede que parece mais um depósito de coisas velhas, sem banheiro ou mesmo uma pia para lavar as mãos.

Redução do efetivo de 10 (Dez) GMs para 05 (Cinco).

Atualmente, a corporação conta com um efetivo de 05 GMs, divididos em três grupos. Os 05 GMs tentam sobreviver com um salário de R$678,00 mensais, junto com a hora extra e adicional noturno (que estão bastante defasados há mais de 04 anos).
Não conseguimos entender por que tanto descaso com a Guarda Municipal, já que somos parceiros e prestamos tantos serviços à população.
Veja abaixo dados de solicitações atendidos pela GM no ano de 2012.

SOLICITAÇÕES ATENDIDAS PELA GM 01/01/12 A 31/12/12.

ROUBO EM ESCOLA
01
IGREJA CATOLICA
01
APOIO PSF
01
COLEGIO JOÃO QUEIROZ
03
APOIO HOSPITAL
28
EVENTOS DO MUNICIPIO
15
VANDALISMO
22
POPULAÇÃO
71
POLICIA MILITAR
09
RONDAS NOS POVOADOS
46
DELEGACIA
51
VIGILANTES
10
SECRETARIAS
70
TOTAL DE ATENDIMENTOS
328



















Obs: São realizadas rondas, diariamente, nas escolas municipais.




 Fonte: Equipe  Guarda Municipal de Tapiramutá