Bem vindo ao blog da Guarda Municipal de Taapiramuta

BEM VINDO AO BLOG DA GUARDA MUNICIPAL DE TAPIRAMUTÁ, O SEU ESPAÇO DE NOTICIAS.

PARA COLABORAR COM O BLOG, ENVIE A SUA MATERIA PARA E-MAIL.

guardamunicipaldetapiramuta@gmail.com


Horas

quinta-feira, 25 de abril de 2013

GUARDA MUNICIPAL DE ITAPETINGA RECEBE NOVAS PISTOLAS TASER X26…



GM 12
A Guarda Civil Municipal de Itapetinga, sudoeste da Bahia, recebe novas Pistolas Taser, o  modelo X26, que supera o modelo anterior Taser M26, com uma série de inovações que vão facilitar o seu uso e manipulação. O Comandante da GCM de Itapetinga, GM Givaldo Viana, acompanhado dos GMs Márcio Caetano, e Hércules Ferreira, esteve em Brasília-DF, no escritório da DIMENSÃO COMEX, empresa que representa a TASER no Brasil, para receber os equipamentos. 
A GCM de Itapetinga recebeu 20 novas Pistolas Taser X26, para substituir 20 pistolas M26, que apresentaram alguns problemas com relação aos carregadores recarregáveis. No mês de maio, a GCM vai receber cinco (05) pistolas TASER, modelo X2, com câmera digital integrada que vai registrar toda a operação.
Vale ressaltar que as pistolas modelo M26 que apresentaram problema, serão entregues ao EXÉRCITO BRASILEIRO para destruição das mesmas, segundo o comandante da GCM,  GM Givaldo Viana. O treinamento está previsto para sexta-feira (25/04), nos dois turnos (Manhã e Tarde), e será ministrado pelo Instrutor da Taser, Sr. Alberto Marques, na Câmara de Vereadores de Itapetinga.
A Taser X26 é o modelo recentemente lançado. Desenvolvido com tecnologia digital, é uma arma muito eficiente e moderna, que apresenta algumas inovações tecnológicas em relação à Taser M26. Este modelo apresenta um visor digital que mostra a quantidade de disparos que faltam para encerrar a carga do carregador, que é de cerca de 400 disparos. 
No entanto, este carregador não é recarregável como na M26. Exaurida a carga, o carregador deve ser trocado.  A TASER X26 ainda tem um sistema acoplado de mira laser 
e lanterna, que permite sua utilização em operações noturnas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário