Bem vindo ao blog da Guarda Municipal de Taapiramuta

BEM VINDO AO BLOG DA GUARDA MUNICIPAL DE TAPIRAMUTÁ, O SEU ESPAÇO DE NOTICIAS.

PARA COLABORAR COM O BLOG, ENVIE A SUA MATERIA PARA E-MAIL.

guardamunicipaldetapiramuta@gmail.com


Horas

segunda-feira, 6 de junho de 2011


A maior parte dos 26 policiais militares investigados por ataques a caixas eletrônicos em São Paulo é jovem. A afirmação foi feita pelo coronel da PM Álvaro Batista Camilo em entrevista exclusiva ao R7. Segundo Camilo, a proporção pode estar relacionada ao fato de que, às vezes, a corporação não consegue identificar "algum tipo de desvio" do iniciante na PM.

 O soldado tem um treinamento de dois anos - um ano de escola, um ano de acompanhamento já na ativa - justamente para trabalhar do lado do bem, com valores. Muitas vezes, ele acaba se desviando porque vê a oportunidade, acha que é tudo muito fácil e acaba cometendo esses deslizes de furtos ou outros delitos.

Apesar de 26 policiais estarem sob investigação, Camilo afirma que o número de PMs envolvidos no esquema pode ser ainda maior.

- Podem haver mais policiais envolvidos, sem dúvida nenhuma. Não é o comum. Normalmente, eu tenho cem mil homens e mulheres no Estado de São Paulo e todos trabalham muito bem, salvam vidas. A criminalidade está caindo. Mas, desses cem mil, tem uma meia dúzia que não deveria estar aqui [na corporação].

Zona sul

No último sábado (28), três policiais foram presos por tentar explodir o caixa eletrônico de uma agência bancária na avenida Armando Arruda Pereira, no bairro do Jabaquara, zona sul de São Paulo. Segundo a polícia, dois deles entraram pelos fundos e se preparavam para explodir a máquina quando policiais do GOE (Grupo de Operações Especiais), que passavam pelo local, desconfiaram da movimentação no local e entraram no banco.

Um terceiro policial foi preso suspeito de ajudar na ação. Ele estava em serviço, e, segundo a polícia, foi descoberto por causa de uma mensagem que recebeu em seu celular. O texto dizia que o policiamento de rotina se aproximava do local em que os caixas seriam explodidos.

Operação Caixa Preta

Na segunda-feira (31), uma operação da Polícia Civil prendeu sete pessoas suspeita de envolvimento em ataques a caixas eletrônicos em São Paulo. Entre elas, havia quatro policiais militares, um ex-PM e dois civis.

Fonte: Amigos da Guarda Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário