Bem vindo ao blog da Guarda Municipal de Taapiramuta

BEM VINDO AO BLOG DA GUARDA MUNICIPAL DE TAPIRAMUTÁ, O SEU ESPAÇO DE NOTICIAS.

PARA COLABORAR COM O BLOG, ENVIE A SUA MATERIA PARA E-MAIL.

guardamunicipaldetapiramuta@gmail.com


Horas

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

GUARDA MUNICIPAL DE SERRINHA (BA) E PM ATENDEM OCORRÊNCIA ONDE HOMEM TENTOU MATAR A MÃE A MACHADADAS NO CAPS



Valnei dos Santos Ribeiro tentou matar a mãe a machadadas
A Guarda Civil Municipal de Serrinha e a Polícia Militar, foram solicitadas pela coordenação do CAPS II no inicio da manhã desta segunda-feira (5), por volta das 11h, na localidade conhecida como Sorocaba, zona rural de Serrinha, para conduzirem em uma ambulância um homem para o Hospital Psiquiátrico na cidade de Feira de Santana, por não aceitar ajuda, o rapaz tentou matar a própria mãe a golpes de machado.
Segundo as informações, a guarnição da Guarda Municipal e uma equipe da Polícia Militar foram chamadas para atender a ocorrência do Caps II e ao chegar ao local, encontraram Valnei dos Santos Ribeiro, 31 anos, agredindo a mãe Jovelina dos Santos Ribeiro, 56 anos, com um machado. Os PMs ainda tentaram negociar e imobilizar o individuo, porém sem êxito.
Descontrolado e obstinado, o homem atacou e aplicou o primeiro golpe na cabeça da mãe que, mesmo caída, conseguiu se defender do segundo golpe. “Na hora que ele levantou o machado ela colocou o braço esquerdo na cabeça para se defender e teve fratura exposta. Por muito pouco o Valnei não abriu a cabeça dela”, comentou um policial que participou da ação.
Jovelina dos Santos Ribeiro ataca e agredida pelo filho a golpes de machado
Com o objetivo de proteger a mulher, os PMs dispararam o primeiro tiro, mas o rapaz continuou a agressão até receber o segundo. Ainda com vida, Valnei foi levado pelos próprios policias para a emergência do Hospital Municipal (HM) de Serrinha aonde já chegou morto. O corpo foi removido e encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.
Jovelina foi socorrida em ambulância com uma equipe da Guarda Municipal e levada ao Hospital Municipal e não corre risco de morrer. Segundo informou Jovelina, que ela estava dentro de casa quando foi atacada pelo filho que, segundo declarou, sofria com problemas mentais e estava sendo acompanhado pelo Centro de Assistência Psicossocial (CAPS) de Serrinha.


Fonte: Guarda Civil Municipal de Serrinha/BA


Nenhum comentário:

Postar um comentário